Notícias e Novidades

Tudo sobre seguro de moto

16 dez / 2018

As motocicletas, no Brasil, se tornam cada vez mais uma alternativa de transporte mais barata e rápida em relação aos carros. Nas grandes cidades, muitas pessoas preferem motos para o dia-a-dia, mantendo o carro apenas como transporte de lazer aos finais de semana.

O mercado de motos se instalou no Brasil na década de 70, quando as maiores montadoras do setor,  Honda e Yamaha, se instalaram por aqui. Para tal, elas estudaram as condições do país e inicialmente investiram em modelos mais robustos, econômicos e simples. Aos poucos, os veículos de duas rodas conquistaram os brasileiros e foram se diversificando.

 

Em comparação aos maiores mercados de motocicletas do mundo (Índia, Associação de Nações do Sudeste Asiático – Indonésia, Vietnã, Tailândia, Filipinas e Malásia – e China) o do Brasil possui característica peculiar: a qualificação dos produtos. Nos maiores mercados, a produção é focada em scooters, ciclomotores e motos de baixa cilindrada, tendo os veículos caráter apenas utilitário. Aqui, um mercado aquecido é o das chamadas “motos de lazer”, segmento que cresce a cada ano no país e contém motos de mais de 500 cilindradas.

Também aumentou o número de quadrilhas especializadas nesse tipo de roubo. E é evidente a gravidade de acidentes que envolve este tipo de transporte,que já são a principal causa de ocorrências de trânsito no país além de responder por ¾ das indenizações do DPVAT (Seguro Obrigatório De Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre).